[FICHA]Tsuyu Magnum

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FICHA]Tsuyu Magnum

Mensagem por Tsuyu Magnum em Sex Jan 15, 2016 4:06 pm

Cantora/atriz
Demônio
19 anos
500 anos
Heterossexual
Orgulhosa
“Alguns elevam-se pelo pecado, outros caem pela virtude.”










Tsuyu Magnum


Personalidade

As sete lamentações, assim seus irmãos e irmãs a chamam, pela seu obvio declínio aos sete pecados capitais.
Malik, seu nome real como demônio, era conhecida pela terrível mania de esbanjar seu poder, não aceitando desaforos e sempre que questionada, iniciando certa rivalidade por sua natureza orgulhosa.
Detestando seguir ordens de seus superiores, ela procura sempre se safar com seus jogos mentais e sua boa lábia,  definindo muitas vezes como uma pessoa de muitas faces, hora preferindo usar seu charme e hora se comportando como um orgulhoso rei.
Em sua mente, se vê como alguém que não merece menos que o que tiver de melhor, optando por um pacto com uma cantora famosa, cujo corpo ela tomou por pura vaidade num de seus jogos bem planejados.
Tendo o corpo da Jovem cantora, Tsuyu agora esbanja dos luxos que não existiam no inferno, com todo o prazer de trazer a tona em pequenas jogadas um pouco de sua... terra natal.


Descrição física


De aparência oriental, pele morena e olhos castanhos, a jovem de 19 anos tem o corpo bem desenvolvido para sua idade, medindo 1, 70m e pesando 54kg.
Seus cabelos constantemente mudam, sendo tingidos em tons de castanho claro até o cobre, longos, indo pouco além dos cotovelos.
Não possui nenhuma tatuagem, apenas as cicatrizes em seus pulsos de quando se matou, que são cobertas por grossas pulseiras na maioria do tempo.
Costuma utilizar vestidos, dando destaque a cintura bem  marcada e suas coxas grossas.

Na forma demônio, Malik tem chifres de carneiro em espiral e metade de seu corpo e como de um sátiro, com cascos e uma cauda longa de  pantera, seus cabelos são negros e sua pele em um tom de cinza bem escuro, opacos, e seus olhos assemelham-se ao brilho do ônix. Sua aparência, tirando as partes demoníacas citadas, é idêntica a humana, talvez por isso Malik a escolheu.



História

A que ponto os seres humanos podem chegar quando tudo o que tem parece insuficiente? Quando um copo completamente cheio esta vazio do que precisa, e o que precisam sempre vai ser o que não tem?
Meu nome é Malik, eu sou o demônio do sétimo desejo.
O que isso significa? Bem... vamos do começo, quando o pecado era tão doce no começo e sempre amargo ao fim.
A verdade é que há pecados tão agradáveis que, se eu confessasse, cometia o pecado do orgulho... porém, eu sou um demônio, então, quem liga?

Numa noite chuvosa,no alto de um hotel de luxo o rastro de sangue guiava até o banheiro onde uma jovem chorava cercada de garrafas vazias e quebradas.
Tsu Magnum, uma jovem cantora em ascensão que foi relacionada ao uso de drogas e publicamente  humilhada pela família em rede nacional japonesa, como uma desonra . Perdeu milhões, foi abandonada pelo noivo e agora desesperada se entregava aos braços da morte.
Em um surto psicotico, perdendo os sentidos, ela olhava para si mesma no espelho. Seus olhos cansados viram um vulto negro bem ao seu lado no reflexo.
-- Vá embora! Eu já disse que não quero mais saber disso!-- disse ela sem ter forças pra um simples combate.
Seus pulsos estavam cortados e o sangue formava um triangulo até a parede de espelhos.
Eu estava ao seu lado, ela me invocou e nada sabia do ritual. O sangue da triplice no espelho e a mente nublada pela bebida.
-- Você me chamou aqui. Parece que tem algo que você queira e eu não posso ir embora até que me diga.
-- Quem.. quem é?
--Eu tenho nomes e títulos, mas não direi nenhum. Me diga o que quer e será feito.
Naquela frase ela levantou a cabeça, com mais atenção e sorriu, dando uma gargalhada e olhando para a garrafa de vodka que não conseguia alcançar.
-- Ótimo, agora o demônio veio me buscar.
-- Você tem 7 minutos de vida. Quer gastar todos eles em lamentação? EU estou aqui para lhe oferecer um acordo, já que você não teme a morte.
Ela ficou seria e imóvel.
-- Continue, eu já não tenho mais nada a perder mesmo. Podia ter um ultimo cigarro, talvez...
-- Eu posso fazer com que todos aqueles que te fizeram sofrer, sofram 7 vezes mais... mas pra isso você deve me entregar algo que eu queira. Você vai morrer de qualquer forma... A lei da troca equivalente.
--E você quer a minha alma? É isso? Eu não sou esse tipo de pessoa.
-- Alma? hahaha... se eu aprisionasse ou tomasse posse da sua alma como você poderia ver a justiça sendo feita? Eu sou um ser como Yin Yang, nada é completamente mau, e nada é completamente bom... eu quero poder vir ao plano material. Os seus inimigos sofrerão olhando em seus olhos, e suas mãos, sua alma, não se manchará de sangue.
Ela pensou por alguns instantes. Parecia relembrar toda a catástrofe até ali.
-- Eu aceito. Faça o que quiser. -- disse, mal tendo forças levantando as mãos para  frente e deixando as lágrimas escorrerem pelo rosto.

O vulto negro envolveu-a e o espelho se quebrou, encerrando o pacto.

Abri os olhos pela primeira vez no mundo material, respirei fundo e senti o cheiro da bebida e sais de banho.
-- Sempre funciona... "Você só tem 7 minutos de vida"-- dei uma risadinha travessa e em seguida olhei para os pulsos que haviam se curado deixando uma cicatriz. -- ainda sim, o corpo perdeu muito sangue, mas agora... EU ESTOU NO COMANDO.







avatar
Tsuyu Magnum

Mensagens : 3
Data de inscrição : 15/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum